Os filmes mais influentes da história


É difícil medir como um filme influencia a história do cinema. Uma determinada obra pode ter inspirado toda uma geração de cineastas, mas permanecido alheia ao conhecimento do grande público. Um blockbuster que levou centenas de milhões de pessoas às salas do cinema em todo o mundo é menos ou mais relevante do que um filme elogiadíssimo, mas restrito a meia dúzia de entusiastas? O que realmente fica para a posteridade?

Pois um grupo de pesquisadores da North western University, nos Estados Unidos, decidiu se debruçar sobre a questão e tirar suas próprias conclusões. Três professores – Max Wasserman, Xiao Han T Zeng e Luís Amaral – analisaram 15.425 filmes produzidos nos Estados Unidos e listados no Internet Movie Database (IMDb). 

O principal método usado por eles é interessante. Para os pesquisadores, o que mede a influência de um filme não é a bilheteria, os prêmios conquistados ou as notas dadas por críticos, mas sim o número de vezes em que este filme é citado de alguma maneira em outras produções. Ou seja, são os próprios diretores de cinema os responsáveis  por manter essa obra próxima do público, por meio de “homenagens” em suas histórias. Faz sentido, não?

O Mágico de Oz: musical de 1939 é o mais citado em produções norte-americanas. 


Aí, claro, fica mais fácil analisar 15 mil filmes, já que, tendo isso em mente, os professores buscaram o número de citações que cada obra possui na sessão de “conexões”, na sua ficha no IMDb. Para serem mais precisos, eles só levaram em contas citações em filmes que vieram no mínimo 25 anos depois do lançamento da obra citada.

O campeão do ranking é O Mágico de Oz (The Wizard of Oz, 1939), fábula musical dirigida por Victor Fleming e protagonizada por Judy Garland. O filme eternizou a canção “Over the Rainbow”, que acabou sendo considerada pelo American Film Institute a mais importante composição musical de um filme americano do século 20.

Confira o ranking dos 10 filmes de Hollywood mais influentes da história, segundo o estudo da universidade:

1. O Mágico de Oz (The Wizard of Oz, 1939) – 565 citações

2. Guerra nas Estrelas (Star Wars,1977) – 297 citações

3. Psicose (Psycho, 1960) – 241 citações

4. Casablanca (1942) – 212 citações

5. E O Vento Levou (Gone With the Wind, 1939) – 198 citações


6. King Kong (1933) – 191 citações

7. Frankenstein (1931) – 170 citações

8. O Poderoso Chefão (The Godfather, 1972) – 162 citações

9. Cidadão Kane (Citizen Kane, 1941) – 143 citações

10. 2001 – Uma Odisseia no Espaço (2001: A Space Odyssey, 1968) – 143 citações

“Diretores ficam voltando a filmes que são significativos”, disse o líder do estudo Luís Amaral, em um release divulgado pela universidade. “Se você mostra um pedacinho de Psicose, como uma referência à cena do chuveiro, está botando o filme inteiro em frente ao espectador deste novo filme”.

Star Wars: mais do que uma franquia, um fenômeno cultural.


O fato dos pesquisadores respeitarem esse período de 25 anos para colocar na conta as referências a um filme ajuda a explicar porque Star Wars aparece em segundo lugar na lista, atrás de O Mágico de Oz.  O primeiro filme da saga de George Lucas (em termos de ano de lançamento, eu digo) é o filme mais novo do Top 10 e sua continuação, Star Wars: Episódio V – O Império Contra-Ataca (Star Wars: Episode V – The Empire Strikes Back, 1980) é o filme mais recente listado no estudo, com 56 citações.


Sem fazer comparações entre O Mágico de Oz e a saga dos guerreiros Jedi. Mas o fato é que Star Wars, independente de seus méritos artísticos, passou (e muito bem) à posteridade como uma obra relevante e querida por uma legião de fãs, incluindo espectadores e outros cineastas. Invadiu outras mídias, como games, histórias em quadrinhos, animações, livros, etc, e, mesmo quase quarenta anos depois do primeiro filme, ainda causa furor e ansiedade com a chegada de um novo capítulo, previsto para este ano. 

Fonte Texto http://www.gazetadopovo.com.br com revisão do texto JF Hyppólito
Fotos: Livres na Web / Montagem / Edição JF Hyppólito
Postar um comentário
Assinar: Postar comentários (Atom)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...