Um gênio chamado Da Vinci

Leonardo di Ser Piero da Vinci (1452-1519) foi pintor italiano.
"Mona Lisa" foi a obra que o notabilizou.


Foi também escultor, arquiteto, matemático, urbanista, físico, astrônomo, engenheiro, químico, naturalista, geólogo, cartógrafo, estrategista, criador de engenhos bélicos e inventor italiano. Um dos maiores nomes do Renascimento. Sua obra, de uma grande diversificação, é toda marcada pela genialidade. Sua figura humana aproximou-se como nenhuma outra daquele imaginário Homem Universal, o ideal da época renascentista. 


Embora genial em diversos campos , foi na pintura que se notabilizou com verdadeiras obras-primas, como o retrato de "Mona Lisa", a "Última Ceia", "Anunciação", e a "Virgem dos Rochedos". De tempos em tempos, Leonardo dedicava-se à escultura, mas embora fizesse muitos esboços, poucas foram as obras que chegou a completar. "Se não tivesse sido tão volúvel e inconstante, teria feito um grande proveito na erudição e nas letras". A frase é de Giorgio Vasari, pintor e o maior historiador da arte do Renascimento e refere-se a Leonardo da Vinci.


Leonardo da Vinci (1452-1519) nasceu em Anchiano, pequena aldeia toscana perto de Vinci e próxima a Florença, Itália, no dia 15 de abril de 1451. Por volta de 1466, torna-se aprendiz do pintor e escultor florentino Andrea del Verrocchio. Com 25 anos de idade já trabalhava para Lourenço de Medici, o famoso mecenas que governava Florença. Já conhecido passou a trabalhar para outras figuras importantes. Era protegido de Lodovico Sforza, duque de Milão. Entre 1482 e 1499 vive em Milão, onde pinta o afresco "A Última Ceia", para o Mosteiro de Santa Maria dell Grazie.


Até o Renascimento, ninguém pensava em urbanismo. As cidades não passavam de amontoados de casas. No projeto urbanístico que fez para a cidade de Milão baniu muros, traçou canais e um sistema de abastecimento de água e esgotos. As casas eram amplas e ventiladas e haveria praças e jardins. Nesse período estuda perspectiva, óptica, proporções e anatomia. Foi descoberto dissecando cadáveres o que era considerado grave crime. Graças às suas dissecações fez descobertas importantes que registrou em inúmeros desenhos e no Tratado de Anatomia que escreveu.



De volta a Florença, pinta a tela "Mona Lisa" (1503-1506), sua obra mais famosa. Vive em Roma entre 1513 e 1517, onde se envolve em intrigas do Vaticano e decide se juntar à Corte do rei francês Francisco I.

Nos estudos científicos, antecipa muitas descobertas modernas, como o helicóptero e o paraquedas. Em Trattato della Pittura, Leonardo defende a supremacia da pintura sobre todas as outras artes, por ser a única indispensável à exploração científica da natureza.


Leonardo da Vinci passou seus últimos dias na França, e ali morreu, no dia 2 de maio de 1519, em Clos Lucé. Foi enterrado na Capela de Saint-Hubert, no Castelo de Amboise.

Obras de Leonardo da Vinci

O Batismo de Cristo, 1475

A Anunciação, 1475

Ginevra de Benci, 1476

Virgem Benois, 1478

A Vígem de Granada, 1480

A Virgem do Cravo, 1480

São Jerônimo no Deserto, 1480

Dama Com Arminho, 1480

A Adoração dos Magos, 1481

Virgem dos Rochedos, 1486


Madona Litta, 1490


Retrato de Um Músico, 1490

Retrato de Mulher de Perfil, 1495

La Belle Ferronniere, 1495

A Última Ceia, 1498

A Virgem, O Menino, Sant'Ana e São João Batista, 1500

Salvator Mundi, 1500

Virgem do Fuso, 1501

Mona Lisa, 1507

Virgem das Rochas, 1508

A Virgem e o Menino com Santa Ana, 1513


São João Batista, 1515

http://www.e-biografias.net
Pesquisa/Montagem/Edição: JF Hyppólito
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...